O Turno da Noite: Formulando Alimentos e Bebidas para o Período Noturno

 

Com que frequência isto acontece: você termina de jantar e se prepara para se jogar no sofá, mas aí lhe vem um impulso de verificar seu e-mail. De repente, o que deveria ser uma noite relaxante converte-se em um período de trabalho, com você colado ao telefone ou computador. Você não é o único. A Inc.com relata que 75% dos trabalhadores americanos verificam seu e-mail em dias de folga e 61% o fazem durante a férias.2 Em uma era na qual a conectividade tecnológica está em seu máximo, “bater o cartão” assim que termina o horário de trabalho tem se tornado cada vez menos realidade. A necessidade de, constantemente, trabalhar depois da hora normalmente leva a sentimentos de estresse e agitação, ambos dos quais estão ligados a um sono ruim.

Em esforços voltados ao alívio do estresse causado pelo local de trabalho, os consumidores estão se voltando para diversas soluções únicas, incluindo passatempos como colorir, locais de companhia como “cafés de animais” e alimentos e bebidas destinados a reduzir o estresse. De fato, um relatório recente publicado pela Mintel destaca que 33% dos adultos dos Reino Unido que estão empregados ingerem alimentos de conforto para lidar com o estresse no trabalho, ao mesmo tempo em que 22% dos brasileiros adultos estão interessados em produtos que possam ajudá-los a relaxar.1 Considerando essas estatísticas, faz sentido que o mercado esteja crescendo para opções de alimentos e bebidas que ajudem no relaxamento e no sono, limitem os impulsos do meio da noite e proporcionem benefícios funcionais durante o sono.

Produtos criados para serem consumidos à noite não são exatamente novidade mas, agora, quando comparados com os tradicionais alimentos de conforto, os produtos funcionais conseguem oferecer benefícios agregados de saúde. Diversos tipos de chá têm sido muito usados como ferramenta de relaxamento para o fim do dia, uma vez que a bebida tem menos cafeína que o café em é rica em L-teanina, que se acredita capaz de reduzir o estresse, promover o relaxamento, melhorar a qualidade do sono e aumentar a atenção. Há uma grande oportunidade para os formuladores alavancarem a reputação e os ingredientes calmantes dos chás – como camomila, manjericão, ginseng e outros botânicos – a fim de ir além do chá. Ingredientes exóticos como ginseng indiano e manjericão estão atraindo a atenção para a formulação de novos produtos e pode valer a pena dar uma olhada neles quando se entra neste mercado.

Assim como os chás, laticínios como leite morno têm uma reputação como alimento noturno. Uma pesquisa alemã descobriu que 40% dos adultos consome iogurte como um lanche noturno, enquanto que 12% dos espanhóis adultos o ingerem durante à noite, depois das 23 hs.1 Alavancar a familiaridade do leite e do iogurte, ao mesmo tempo em que se introduz novos sabores funcionais como canela e cardamomo, poderia “inspirar inovações em sabores e novos usos para bebidas lácteas”, sugere a Mintel.

Não são apenas os laticínio e chás que estão instigando o interesse dos consumidores. Bem sucedidos produtos de nicho poderiam ser um indicativo de produtos que podem funcionar para um mercado mais amplo. No Japão, por exemplo, uma bebida funcional chamada “água para dormir” afirma ajudar os consumidores a dormir melhor devido à L-teanina, o ingrediente ativo que pode ajudar e reduzir ansiedade, aliviar o estresse e ajudar no relaxamento e num sono melhor. Sucos de frutas, refrigerantes, proteínas em pó, cereais e lanches que apelam para consumidores que comem à noite têm sido abraçados pelas marcas em todo o mundo. Cereais noturnos para bebês contendo ingredientes como zinco, vitaminas A e C, ferro e outros nutrientes têm sido, há muito, usados para preparar as crianças para uma noite calma. A funcionalidade desses produtos poderia ser aplicada em produtos destinados a pessoas de qualquer idade.

Na medida em que os trabalhadores em todo o planeta continuam a trabalhar mais e mais além da hora, bebidas e alimentos destinados ao consumo noturno estão surgindo nos mercados de todo o mundo. Como esta tendência continua, os fabricantes podem estar interessados no desenvolvimento de produtos destinados a ajudar as pessoas a relaxar quando a noite chegar.

O artigo técnico “Sonhe: Nutrientes para uma Boa Noite” oferece aos fabricantes outras valiosas dicas e visões de consumidores sobre combinações chave de ingredientes. Baixe o artigo ou use o nosso Iniciador de Solução para nos contar sobre os produtos que você está interessado em desenvolver.

Fonte:

1. Haydon, R. (2017). The Night Shift. Retrieved from: http://bit.ly/2iGBvaj

2. James, G. (2017). After-Hours Work Emails Are Shrinking Our Personal Lives, Says New Study. Retrieved from: http://on.inc.com/2sGV0E2