Bebidas Inovadoras Sem Açúcar: Apelando para os Consumidores com Sabor, Embalagem e Marketing

 

As boas notícias? Bebidas adoçadas com açúcar estão sendo menos consumidas entre crianças e adultos nos EUA. Há um percentual crescente de pessoas voltando-se para a água, indicando que a demanda por bebidas não calóricas está crescendo.1 As notícias não tão boas? Adolescentes e adultos jovens ainda estão consumindo mais açúcar que os limites recomendados. As taxas do consumo de bebidas açucaradas é particularmente alta entre populações negras, mexicano-americanas e hispânicas não mexicanas.1

A obesidade está relacionada com o aumento do risco de doença cardíaca, diabetes tipo 2 e outros problemas de saúde. Entretanto, há duas soluções para lidar com o excesso no consumo de bebidas açucaradas. O primeiro é reduzir continuamente a disponibilidade de bebidas adoçadas com açúcar. A segunda solução, e provavelmente mais realista para os fabricantes de alimentos e bebidas, é a introdução de opções alternativas de bebidas para adolescentes, adultos jovens e populações que tipicamente escolhem bebidas adoçadas com açúcar.

Criar bebidas inovadoras usando substitutos do açúcar, sabores exóticos e cores pode constituir um apelo para os consumidores interessados em cortar o açúcar de suas dietas. Ao invés de fazer o marketing destes produtos com “substitutos“ sem açúcar, os fabricantes podem reputar estas bebidas como concorrentes para aquilo que os consumidores procuram: uma bebida saborosa e sem açúcar.

A despeito do valor nutricional, um produto com sabor ruim está destinado ao fracasso. É importante enfatizar que bebidas sem açúcar não precisam sacrificar o sabor. O desafio de criar uma bebida saborosa reside na formulação. Não dar atenção a cada nutriente e como eles reagem uns com os outros pode ser desastroso para o sabor.2 Uma variedade de adoçantes, incluindo stevia, xilitol e rebaudiosídeo (Reb-a) podem ser incorporados para manter um excelente sabor ao mesmo tempo em que se remove parte ou todo o açúcar em muitas aplicações de produtos.

Utilizar sabores apelativos e novos (tais como frutas, botânicos e sabores exóticos como açaí e goji berry) com diversos benefícios para a saúde (a bagas de açaí, por exemplo, contêm antioxidantes) pode ajudar os consumidores a escolher produtos mais saudáveis. Para populações étnicas, formular bebidas com sabores culturalmente familiares é uma abordagem inteligente. Sabores cruzados também podem apresentar novas oportunidades. A inclusão desses sabores em bebidas sem açúcar pode substituir delícias indulgentes que têm mais açúcar, gordura ou calorias. O café fortificado com sabor de chocolate, por exemplo, pode ajudar a satisfazer um paladar doce sem os efeitos negativos da adição de açúcar. Além disso, a incorporação de outros ingredientes funcionais, tais como aqueles que causam saciedade ou aumentam a energia, faz sentido e é adequada para bebidas sem açúcar e para sua base de consumidores.

Desenvolver produtos com adoçantes não açucarados não é única forma de apelar para o interesse dos consumidores em cortar o açúcar de suas dietas. Com a cor certa, linguagem moderna e embalagens inteligentes, os produtos sem açúcar podem – e devem – constituir apelo como qualquer outra grande marca na prateleira. De fato, nos grupos demográficos de adolescentes e adultos jovens, estes fatores podem ser os mais importantes no processo de decisão de compra. Se o marketing e/ou a embalagem de um produto não forem atraentes, a possibilidade dos consumidores comprarem e experimentarem o produto é significativamente reduzida. Em termos simples: enquanto os pais podem ser atraídos para comprar bebidas com menor conteúdo de açúcar para suas famílias, a geração mais jovem pode ser mais seduzida pelos atributos de marketing e da embalagem.

Com o declínio no consumo do açúcar e o clamor para reduzir mais ainda a quantidade consumida entre adolescente, adultos jovens e grupos culturais, chega a oportunidade para os fabricantes criarem bebidas que satisfaçam esses requisitos e possam constituir apelo em diversas idades e grupos culturais. A demanda por uma bebida saborosa, que tenha boa aparência e que seja boa para a sua saúde pode ser atendida com opções de bebidas saudáveis, porém saborosas, com marketing e embalagem estratégicos.

Fortitech Pré-Misturas pode ajudar os fabricantes a entender quais combinações oferecem um grande sabor, assim como aromas, cores, solubilidade, biodisponibilidade, níveis de pH, segurança, vida útil, interações, texturas e sensação de boca desejados. A aceitação dos consumidores para bebidas substitutas do açúcar recai nisto e criar parcerias com especialistas em pré-misturas pode ajudar a superar desafios na arena da formulação.

 

Sources:

1. Dwyer, M. (2017). Sugary beverage consumption in U.S. declining but remains high among certain groups. Retrieved from: http://bit.ly/2ECp7SW

2. Arnold, C. (2012). Strategic Nutrition for Diabetes. Retrieved from: http://bit.ly/2ECQc8C